JESUS UM HOMEM BOM

postado em: Reflexão | 2
Para muitos independente do credo que professa, Jesus é um homem bom. Fora do cristianismo, principalmente, Jesus, é visto como alguém que disse palavras bonitas, de motivação, que acolhia a todos e fazia o bem. Até mesmo na arte moderna o sofrimento de Jesus e suas pregações, deram lugar à um Jesus de olhos bonitos e com um sorriso de orelha a orelha. Não que eu acredite que Jesus não se expressasse sorrindo. 
No Evangelho de S. Lucas há uma passagem bem curiosa que me faz refletir justamente sobre esse assunto. 
Um homem de posição perguntou então a Jesus: Bom Mestre, que devo fazer para possuir a vida eterna? Jesus respondeu-lhe: Por que me chamas bom? Ninguém é bom senão só Deus. (S. Lc 18, 18-19) 
Um homem de posição? Quem será que era este homem ou o que ele fazia? Sabemos que era um homem rico. Pode ser que era alguém que estava interessado em saber realmente o que ele precisava para ser um verdadeiro seguidor de Jesus, ou só queria saber o que devia fazer para ganhar o Reino.
Se pegarmos o relato do Evangelho de S. Lucas anteriormente, podemos imaginar uma situação que deveria ser de certa forma envolvente e até mesmo comovente. Jesus dizendo “Deixai vir a mim as criancinhas” e “se não formos igual a criancinhas não receberemos o Reinos dos Céus”. E Jesus todo envolto os pequeninos. Sim, Jesus se aproximava das pessoas, tocava nelas e as encorajavam. 
jesus-cristo-um-homem-bom

Jesus então levantou-Se e perguntou: «Mulher, onde estão os outros? Ninguém te condenou?» Ela respondeu: «Ninguém, Senhor». Então Jesus disse: «Eu também não te condeno. Podes ir, e não voltes a pecar». Jesus continuou a afirmar: «Eu sou a luz do mundo. Quem Me segue não andará nas trevas, mas possuirá a luz da vida» (S. João 8, 10-12).

A RESPOSTA DE JESUS – SÓ DEUS É BOM 

Ninguém é bom senão Deus (S. Lc 18, 19). Na verdade meu caro amigo, penso, que não sabemos o que é ser bom. Pode ser que confundimos “ser bom” com atitudes emotivas. O interessante que depois da pergunta do “homem de posição”. Jesus rasga o verbo e fala sobre qual é o caminho à seguir. 
Pensamos talvez que bondade é dar dinheiro à algum necessitado ou um prato de comida. Ou ceder a vontade de algum filho para que o nosso coração não se parta com a tristeza que ele sente, quando se diz NÃO. Mas eu acho que é ai que as coisas estão, em nosso modo de pensar, ser bom é dizer SIM. E nem sempre é. 

Dizer não, também pode ser o melhor a ser feito. Dizer não, é também ser bom. Deus nos deu a liberdade ao ponto de respeitar nossas escolhas até mesmo quando estas mesmas escolhas nos fazem mal. Engraçado que quando pensamos em Jesus, não pensamos nele dizendo “Raça de víboras” ou então, quando pega o chicote e expulsa todos os vendilhões. Parece que temos uma tendência em apenas imaginar um Jesus “bonzinho”.

 

Então Jesus disse aos discípulos: «Se alguém quer seguir-Me, renuncie a si mesmo, tome a sua cruz e siga-Me (S. Mateus 16, 24).

 

Veja que Jesus pede algo doloroso, RENUNCIAR, e a si mesmo. E não disse que a cruz que “carregamos” deixaria de existir, manda toma-la para segui-lo.
Deixe seu comentário logo abaixo deste post. Assine o Blog Catequese do Leigo e receba as atualizações em seu e-mail. Abraços.
Sou ex-espirita, moro em Maringá -PR. Gosto de falar sobre religião e sobre a fé católica. Tenho interesse pela catequese de adultos. Sou formado em Administração. Gosto de Sistemas de Informação e Redes Sociais. Também gosto de programação para internet. Seja Bem Vindo.

2 Respostas

  1. Ser bom é dizer “Não” na hora certa, mesmo que o “Sim” seja politicamente correto!

  2. Olá Antonio, muito obrigado por seu comentário. Imaginamos que somente as coisas que nos agradam necessariamente precisam ser boas para nós, em nosso entendimento.

Deixe uma resposta