REZAR PELOS MORTOS É CORRETO?

postado em: Bíblia | 0

REZAR PELOS MORTOS É CORRETO? Muitos de nós temos pessoas que passaram por nossas vidas que nos marcaram. São estes parentes ou amigos que deixaram saudades.

A estas pessoas desejamos que estejam na glória de Deus e se ainda não estão, que assim se inundem da plenitude da graça de nosso Deus na vida eterna. Mas já não morreram? Bem, a morte física não é o fim, mas o meio pelo qual todos nós estamos condicionados a passar

DEUS É O DEUS DOS VIVOS E NÃO DOS MORTOS

Esta é uma afirmação dita pelo próprio Jesus no Evangelho de São Mateus (22, 32) fazendo menção ao livro do Êxodo (Ex 3,6). Eu sou o Deus de Abraão, o Deus de Isaac e o Deus de Jacó (Ex 3,6)? Ora, ele não é Deus dos mortos, mas Deus dos vivos.

A discussão sobre este capitulo da Bíblia se rodeia pela crença da ressurreição, ensinando verdades como a imortalidade da alma e sua existência após a morte.

Logo, os mortos permanecem VIVOS após a morte física de nosso corpo. Pois para nós cristãos todos temos espirito. Então os “mortos” estão vivos.

No livro do Êxodo quando Deus diz à Moisés, fala: “Eu SOU o Deus”. Abraão, Isaac e Jacó já não estavam vivos, mas mortos. Deus não FOI e sim É, continua sendo o Deus de Abraão, Isaac e Jacó após a morte de cada um.

Jesus ainda afirma dizendo ao final da citação do Antigo Testamento, “Ora, ele não é Deus dos mortos, mas Deus dos vivos.” Sabemos então que todos estão vivos e que a morte nos atravessa para a eternidade.

A BÍBLIA NOS ENSINA A REZAR UM PELOS OUTROS

A prática da oração de intercessão, quando rezamos um pelos outros é bíblico e ensinado pelos Apóstolos. Confessai os vossos pecados uns aos outros, e orai uns pelos outros para serdes curados. A oração do justo tem grande eficácia (Tg 5, 16).

Se continuamos vivos mesmo após a morte física então podemos rezar pelas pessoas que já se foram deste mundo.
Então, pode haver graça mesmo após nossa morte? Jesus nos ensina que sim.

Todo o que tiver falado contra o Filho do Homem será perdoado. Se, porém, falar contra o Espírito Santo, não alcançará perdão nem neste século nem no século vindouro (Mt 12, 32).

Então conforme Jesus, há perdão que podem ser perdoados em “tempos que ão de vir” o “século vindouro” é a nova vida. Existem graças que podemos receber mesmo após este século, a vida que estamos percorrendo.

MAS E A ORAÇÃO PELOS MORTOS?

Desde o inicio da Igreja os primeiros Padres tinham um real zelo pelos falecidos, por aqueles que tinham respeito, amor e veneração.

Tertuliano de Cartago, também conhecido pela grande frase “O sangue dos mártires era semente de novos cristãos!”. Dizia isso dos que morriam nas perseguições contra os cristãos e que acabava por aumentar a fé dos cristãos.

Rezar pelos Mortos

Tertuliano que viveu entre (150-24) aproximadamente dizia sobre a oração e o zelo para com os falecidos.Uma vez por ano oferecemos os sacrifícios pelos mortos como se fosse o dia do seu aniversario.

Nas catacumbas onde muitos cristão foram enterrados também se lê a seguinte mensagem: Lembrai-vos de nos nas vossas orações, nós que morremos antes de vos.

Nas sagradas escrituras também encontra-se no 2 livro de Judas Macabeus.

…e puseram-se em oração, para implorar-lhe o perdão completo do pecado cometido. O nobre Judas falou à multidão, exortando-a a evitar qualquer transgressão, ao ver diante dos olhos o mal que havia sucedido aos que foram mortos por causa dos pecados. Em seguida, fez uma coleta, enviando a Jerusalém cerca de dez mil dracmas, para que se oferecesse um sacrifício pelos pecados: belo e santo modo de agir, decorrente de sua crença na ressurreição,porque, se ele não julgasse que os mortos ressuscitariam, teria sido vão e supérfluo rezar por eles. (Mc 12, 42-46)

Judas Macabeus, crendo na ressurreição e estes que morreram em pecado, não mortal, poderiam obter a graça do perdão mediante as súplicas e orações de seus irmãos.

Temos saudade dos nossos entes queridos, mas unidos a Igreja de Cristo, podemos alcançá-los e chegar até eles por meio de nossas orações, principalmente pelo sacrifícios da Santa Missa.

Você também poderá gostar destas outras postagens aqui do blog:

O dia de finados é um dia de extrema importância para nós católicos. Que Deus também possa dar àqueles a Luz que não se apaga e à nos o conforto que precisamos.

Deixe seu comentário logo abaixo com suas críticas e sugestões. Assine também o blog e receba as atualizações em seu e-mail a cada nova postagem.

Sou ex-espirita, moro em Maringá -PR. Gosto de falar sobre religião e sobre a fé católica. Tenho interesse pela catequese de adultos. Sou formado em Administração. Gosto de Sistemas de Informação e Redes Sociais. Também gosto de programação para internet. Seja Bem Vindo.

Deixe uma resposta