OS APÓSTOLOS MORRERAM, E AGORA?

postado em: Igreja Católica | 0
Os apóstolos morreram, mas a Igreja continuou pela promessa do Senhor. Jesus antes de partir dá aos seus discípulos a missão de continuar a Igreja, no trabalho do anúncio da Boa Nova e assim formar novos discípulos.
Encontramos no Evangelhos: “E disse-lhes: Ide por todo o mundo e pregai o Evangelho a toda criatura.” (S. Marcos 16, 15).
Este é o desejo de Jesus, o anúncio de que Ele é o Cristo ressuscitado, a salvação do mundo. No inicio da sua vida pública, jesus forma seus discípulos, e entre eles, escolhe 12, que são chamados de Apóstolos.
[wp_link_assinar]

OS APÓSTOLOS MORRERAM, E AGORA?

Narra os Evangelhos que Jesus tinha 72 (setenta e dois) discípulos, conforme o Evangelho de S. Lucas 10, 1 e os envia para evangelizar. Dentre estes, Jesus também escolhe os Apóstolos, e lhes dá uma atribuição específica e uma autoridade singular. A palavra apóstolo, assim como várias outras palavras da Sagrada Escritura, se origina do grego “Apostellein” que quer dizer, “aquele que é enviado”.

Os Evangelhos narram sua composição e também sua distinção entre os demais discípulos. Era somente os doze Apóstolos que participavam intimamente com Jesus em várias ocasiões, como por exemplo a ultima ceia, narrado no Evangelho de São Lucas, no capítulo 22.
Mas a questão é, Jesus voltou ao Pai, os Apóstolos continuaram a missão de evangelizar, no entanto estes foram morrendo, se não por morte natural por meio do martírio.

Jesus reuniu seus doze discípulos. Conferiu-lhes o poder de expulsar os espíritos imundos e de curar todo mal e toda enfermidade. Eis os nomes dos doze apóstolos: o primeiro, Simão, chamado Pedro; depois André, seu irmão. Tiago, filho de Zebedeu, e João, seu irmão. Filipe e Bartolomeu. Tomé e Mateus, o publicano. Tiago, filho de Alfeu, e Tadeu. Simão, o cananeu, e Judas Iscariotes, que foi o traidor. (S. Mateus 10, 1-4)

Estamos falando do primeiro século da era cristã. A Tradição ensina que possivelmente o ultimo a morrer foi o Apóstolo João, já com uma idade de quase 100 anos.

A IGREJA PRIMITIVA

Os primórdios da Igreja é denominada de Igreja primitiva, além de ser o inicio da solidificação da Igreja como comunidade e instituição, também é uma transição entre aqueles que foram evangelizados e discípulos dos Apóstolos.
Percebe-se já, na composição dos Evangelhos, uma classe hierárquica, instituída pelo próprio Jesus, entre os Apóstolos e os seus discípulos.
[wp_link_assinar]
Os próprios Apóstolos, que são os Bispos, instituíam novos Apóstolos que eram os administradores e formadores das novas comunidades cristãs.
 

A ação dos é prolongada pela ação de personagens que lhes foram associados no mesmo ministério e que são dotados de poderes espirituais […] Tais pessoas recebem o poder da imposição das mãos, transmitido por um Apóstolo, que pode ter associado este gesto o presbitério de uma igreja local. […] Eles pertencem pois à hierarquia institucional e ocupam, após os Apóstolos, uma ordem mais elevada. [1]

A Igreja então não ficou nas mãos do acaso, por meio do seu corpo e também pelas promessas de Jesus, ela ia se organizando e tomando forma, onde novos personagens iam colaborando no processo de edificação da das comunidades. Os Apóstolos morreram, mas novos Enviados, foram sendo formados para continuar a missão ordenada por Jesus. 
 
A Didaqué, que é um documento escrito catequético, é um meio de provar, como que as comunidades cristãs buscavam se estruturar e manter os ensinamentos deixados pelos Apóstolos. 
 

Se vier alguém até você e ensinar tudo o que foi dito anteriormente, deve ser acolhido. Mas se aquele que ensina é perverso e ensinar outra doutrina para te destruir, não lhe dê atenção. No entanto, se ele ensina para estabelecer a justiça e conhecimento do Senhor, você deve acolhê-lo como se fosse o Senhor. Já quanto aos apóstolos e profetas, faça conforme o princípio do Evangelho. Todo apóstolo que vem até você deve ser recebido como opróprio Senhor. (Didaqué, cap. XI, 1-4)

SÃO POLICARPO DE ESMIRNA

De acordo com a Tradição, São Policarpo foi discípulo direto do Apóstolo São João. Policarpo viveu no primeiro século da era cristã, muito próximo aos tempos apostólicos. As histórias de Policarpo foram preservadas e transmitidas por um discípulo seu, um dos gigantes da Igreja, Santo Irineu. Policarpo nasceu em Esmirna, hoje Ezmir na Turquia, foi consagrado Bispo desta cidade, escreveu várias cartas entre elas, e a única que se tem conhecimento, é a carta direcionadas aos Filipenses.
 
São Policarpo também foi amigo de outro grande personagem da Igreja que nascia, Santo Inácio de Antioquia.

São Policarpo de Esmirna
23 de Fevereiro – dia de S. Policarpo

 

Encontra-se na carta escrita aos Filipenses, São Policarpo mencionando o Apóstolo Paulo:

 

Não é por mim mesmo, irmãos, que lhes escrevo sobre a justiça, e sim porque vocês me pediram primeiro. Pois nem eu, nem ninguém como eu, pode chegar a sabedoria do abençoado e glorificado Paulo. Ele, estando entre vocês, comunicou com exatidão e força a palavra da verdade na presença daqueles que estão vivos ainda. E quando vos deixou,escreveu-lhes uma carta, que, se a estudarem com cuidado, encontrarão o sentido de terem sido erguidos na fé que lhes foi dada, e que, sendo seguida da esperança e precedida pelo amor para com Deus e Cristo, assim como para nosso próximo, “é a mãe de todos nós”. (Policarpo, carta aos Filipenses – III)

Vemos agora, neste primeiro momento, grandes personagens que foram alicerces da Igreja primitiva, que deram suas vidas pela missão de evangelizar e pela construção da Igreja que temos hoje, nesse primeiro momento podemos citar:
 
  • São Policarpo
  • Santo Irineu
  • Santo Inácio
Este é o Blog Catequese do Leigo, que bom que você está aqui. Por favor, deixe se comentário, ajude a evangelizar, compartilhe. Assine, e receba as atualizações do Blog no seu e-mail, é de graça. Abraços. Clique aqui, se quiser baixar a Carta as Filipenses de São Policarpo.
[wp_link_assinar]

Fonte: 
[1] FIGUEIREDO, Dom Fernando, O.F.M. Curso de Teologia Patrística I. A vida da Igreja Primitiva (Séculos I e II)

Sou ex-espirita, moro em Maringá -PR. Gosto de falar sobre religião e sobre a fé católica. Tenho interesse pela catequese de adultos. Sou formado em Administração. Gosto de Sistemas de Informação e Redes Sociais. Também gosto de programação para internet. Seja Bem Vindo.

Deixe uma resposta