ESTÁ NA BÍBLIA

postado em: Bíblia | 2

A Bíblia entre os cristãos, não importa sua origem, possui um destaque fundamental, próprio e necessário. Para nós cristãos a Bíblia é a Palavra de Deus escrita e por isso também chamamos a Bíblia de Escritura Sagrada.

A maioria das religiões milenares, se não todas, possuem um livro o qual, conforme sua fé, lhe atribui o valor de fé tendo como um livro sagrado. Assim é para os Judeus o Talmulde, Para os Budistas o Tripitaka e no Islamismo o Alcorão. E para nós cristãos a Bíblia.

A necessidade de escrever sobre o título ESTÁ NA BÍBLIA, vem ao encontro de que durante algum tempo na minha caminhada como catequista, participei de fóruns na internet e grupos de discussão sobre fé, religião e a Bíblia. Em sua maioria estes grupos eram formados por protestantes de várias denominações e católicos. Foi um período de muito crescimento para mim.

 

na-bíblia

 

Então a principal motivação de escrever este artigo é buscar esclarecer que a Bíblia é sim um livro sagrado, nela contém a Palavra de Deus, porém nem todas as verdades de fé está contida somente nela.
Será apresentado alguns pontos para que possamos entender e observar que precisamos estar maduros na fé, logo será visto:

 

  1. Os Cristãos do Primeiro Século e a Bíblia
  2. Tudo está na Bíblia?

 

OS CRISTÃOS DO PRIMEIRO SÉCULO E A BÍBLIA

Este é um ponto fundamental para entendermos todo este conteúdo sobre a Bíblia. Se a Bíblia é um livro sagrado como a ela era compreendida pelos primeiros cristãos?

E isto é importante entendermos. Em vários momentos nos Evangelhos e em outras cartas do Novo Testamento, observamos os Evangelistas ou os outros autores sagrados como Pedro e Paulo, utilizarem o termo Escrituras, por exemplo:

 

Jesus acrescentou: Nunca lestes nas Escrituras: A pedra rejeitada pelos construtores tornou-se a pedra angular; isto é obra do Senhor, e é admirável aos nossos olhos

(Sl 117,22) (São Mateus 21, 42)

Diziam então um para o outro: Não se nos abrasava o coração, quando ele nos falava pelo caminho e nos explicava as Escrituras? (São Lucas 24, 32)

 

Estas duas passagens dos Evangelhos apresentam uma referência as Escrituras, veja agora uma de minhas preferidas que encontra na Segunda Carta de São Pedro:

 

Antes de tudo, sabei que nenhuma profecia da Escritura é de interpretação pessoal. Porque jamais uma profecia foi proferida por efeito de uma vontade humana. Homens inspirados pelo Espírito Santo falaram da parte de Deus. (II Pd 1,20-21)

Perceba que tanto nos Evangelhos como na carta de Pedro a referência utilizada é Escritura e esta referência se faz para os livros sagrados do Judaísmo.

Os evangelistas, como no caso Mateus e Lucas, não tinham se quer a ideia de que seus textos estariam um dia envolto a uma coleção de livros dentro do Cristianismo que hoje chamamos de Bíblia.

Considera-se por exemplo que o Evangelho de São Marcos, tenha sido o primeiro dos Evangelhos a ser escrito, mais ou menos no ano ~70. Isso quer dizer que A Igreja do primeiro século não tinha uma dimensão pronta dos livros considerados sagrados do Novo Testamento.

Portanto os cristãos do primeiro século não tinham a Bíblia, o que eles tinham eram os livros do Judaísmo que era utilizado, de forma religiosa, para justificar a vinda do Cristo.

No entanto para que não se perdesse os ensinamentos dos primeiros cristãos já na era dos Apostólica, estes mesmos, como exemplo o Apóstolo Paulo, recomendavam que não se desviassem da fé pregada pelos Apóstolos, encontramos:

 

Assim, pois, irmãos, ficai firmes e conservai os ensinamentos que de nós aprendestes, seja por palavras, seja por carta nossa. (II Tessalonicenses 2, 15)

Observando na segunda carta aos Tessalonicenses, os ensinamentos na era Apostólica foi realizada tanto de forma ORAL como ESCRITA. Possivelmente Paulo tenha escrito aos tessalonicenses por volta do ano 50.
Tomemos como exemplo então, que até o ano 50 não havia nenhuma carta Apostólica e que até aproximadamente o ano 70 não havia nenhum dos Evangelhos escrito. Sendo assim a forma de ensino ou catequese, era oral, utilizando até mesmo os livros do Judaísmo.

Você também poderá achar interessante estes outros artigos sobre a Formação da Bíblia e sobre a Tradição.

 

TUDO ESTÁ NA BÍBLIA?

Este é um argumento de linha protestante que teve origem em 1517 com Martinho Lutero, se não estiver na Bíblia não é verdade e não se pode dar crédito.

Realmente existem elementos da nossa fé católica que não estão descritas na Bíblia, no entanto isso não quer dizer que não seja verdade.

Tomo como exemplo o seguinte; a maioria dos cristãos acreditam na Santíssima Trindade e então temos ai dois pontos o primeiro é que a expressão Santíssima Trindade ou simplesmente Trindade não está na Bíblia e a segunda é que em nenhuma parte da Bíblia é expresso que o Espírito Santo também é Deus.

Então temos duas perguntas:
Onde está na Bíblia que o Espirito Santo é Deus?
Onde está na Bíblia a expressão Santíssima Trindade?

Um outro questionamento é, onde na Bíblia há expresso quais são os livros Sagrados que compõem a Bíblia? Não tem!

Alguns amigos protestantes se baseiam em argumentos Bíblicos como este para tentar justificar que somente a Bíblia basta, vejamos a tradução de João Ferreira de Almenta Revisada e Corrigida (?):

 

Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para redargüir, para corrigir, para instruir em justiça; Para que o homem de Deus seja perfeito, e perfeitamente instruído para toda a boa obra. ( II Tm 3, 16-17)

Façamos uma comparação com a tradução que está na Bíblia Ave Maria dos mesmos versículos:

 

Toda a Escritura é inspirada por Deus, e útil para ensinar, para repreender, para corrigir e para formar na justiça. Por ela, o homem de Deus se torna perfeito, capacitado para toda boa obra. ( II Tm 3, 16-17)

Não há nenhuma distorção entre os versículos, na tradução da Bíblia Ave Maria, há sim uma forma mais simples, mas o contexto é o mesmo entre as traduções.

A pergunta é? Onde está ai, a afirmação de que a Bíblia é a ÚNICA regra de fé? Quando Paulo se refere a Escritura, ele está se referindo a quais livros da Bíblia? Perceba, não havia NOVO TESTAMENTO. Portanto ele se referia aos livros sagrados do Judaísmo. Não havia uma formação cristã concluída e organizada na época.

No contexto bíblico Paulo afirma sim, que a Escritura é um meio necessário para que se possa instruir, mas não a única. Da mesma forma se nos faltar o ar que respiramos, ficaremos sufocados até morrer, sendo assim o ar é proveitoso, é útil e necessário para nossa subsistência, mas se não houver outros elementos como alimentação, água e etc, somente pela respiração não seriamos sustentados.

Na Bíblia não se encontra todas as respostas, mesmo porque nela não contém todos os fatos e acontecimentos nem de Cristo e nem dos Apóstolos. Na Bíblia não há por exemplo uma só linha escrita pelo próprio Jesus, também não se encontra na Bíblia nenhum momento em que Jesus tenha dito para se escrever algo sobre ele.

Não caíamos em erros como tirar por conclusão que se não está na Bíblia não é digno de crédito ou seja falso. Você também pode saber mais sobre carta aos Tessalonicenses. Você também poderá gostar de ver sobre o tema Os Apóstolos Morreram, e agora?

Curta também no Facebook o Catequese do Leigo e assine para receber as atualizações do Blog no seu e-mail. Deixe também seu comentário. Um grande abraço.

Você também pode ler a Bíblia on-line da tradução João Ferreira de Almeida. Se você ainda não conhece existe um grande portal católico com várias traduções, caso deseje pesquisar acesse a Bíblia Católica.

 

Sou ex-espirita, moro em Maringá -PR. Gosto de falar sobre religião e sobre a fé católica. Tenho interesse pela catequese de adultos. Sou formado em Administração. Gosto de Sistemas de Informação e Redes Sociais. Também gosto de programação para internet. Seja Bem Vindo.

2 Respostas

  1. Antonio Lucas Henrique de Paiva

    BOA TARDE, CATEQUISTA PARA VC. E SUA FAMÍLIA QUE O NOSSO BOM DEUS OS ABENÇOE. QUE NOSSA SENHORA DE CARMO TE GUIE SEMPRE PARA QUE VC. CONTINUE SE DOANDO GRATUITAMENTE, CATEQUIZANDO QUEM MAIS PRECISA! SALVE MARIA!

Deixe uma resposta