MILAGRE EUCARÍSTICO DE BUENOS AIRES – PAPA FRANCISCO

postado em: Catequese | 0

O Milagre Eucarístico de Buenos Aires ocorreu em 1996. Sabemos que a Eucaristia é o maior tesouro da Igreja Católica, deixado por Nosso Senhor.

Por este motivo, tudo o que envolve a Santa Hóstia, temos um profundo respeito e zelo. Embora este não seja o primeiro milagre Eucarístico, sempre somos direcionados cada vez mais a adorar o Senhor no Santíssimo Sacramento.

Embora estes fenômenos contribuem na manutenção da nossa Fé, principalmente nos dias de hoje, em que o materialismo é uma voz estridente no coração da humanidade. Não devemos nos apegar ou crer pelo milagre em si, mas pela Fé que temos.

MILAGRE EUCARÍSTICO NA ARGENTINA

O milagre ocorreu na Paróquia de Rosário de Lerma em Buenos Aires. Durante a celebração, uma senhora veio comunicar o Pároco Padre Alejandro Pezet, que havia encontrado uma Hóstia profanada.

Constatando que não poderia consumir a Hóstia, o Padre Alejandro, segue a norma para estes casos, que orienta que se deixe a Hóstia em um recipiente com água, até que ela se dissolva.

milagre eucaristico

O Padre armazenou a Hóstia no recipiente com água no Sacrário até o dia seguinte. No dia seguinte, 26 de agosto de 1996, o Padre Alejandro, com espanto observou que na Hóstia uma coloração vermelha.

Como havia notado que da Hóstia saia algo semelhante a um sangramento, resolveu comunicar o Arcebispo, Cardeal Jorge Bergoglio, atual Papa Francisco.

A pedido do Cardeal, foi solicitado que em um primeiro momento, fosse registrado por fotos o fenômenos, que aconteceu no dia 6 de setembro de 1996.

Observou-se já pelos registros fotográficos, que o aspecto da Hóstia havia alterado de tamanho e forma. Além do aspecto de tecido humano.

A Hóstia ainda ficou durante três anos armazenada em segredo, sem haver nenhum tipo de alteração ou decomposição com o tempo.

CONCLUSÃO DOS FATOS

Em outubro de 1999, o Cardeal Jorge Bergoglio, futuro Papa Francico, solicita que o Dr. Ricardo Castañon retire amostras para análises.

Este processo é exaustivo e logo, para não incorrer em erro e evitar fraudes, para com isso não ridicularizar a Fé e muito menos denegrir a Imagem da Igreja de Cristo.

Posteriormente, em 2004, o cardiologista Dr. Zugibe, a pedido do Dr. Ricardo Castañon, fizesse análises sobre o material coletado. Anterior a isto, outras análise foram feitas em paralelo.

milagre eucaristico dr zugbi

Após a análise o Dr. Zugibe emite seu parecer com relação ao material coletado, dizendo que “o material é carne e sangue humano”. Declara ainda o seguinte:

“O material analisado é um fragmento do músculo cardíaco que se encontra na parede do ventrículo esquerdo, […]. O músculo cardíaco tinha uma condição inflamatória e um grande número de células brancas do sangue, o que indica que o coração estava vivo no momento da colheita da amostra, […]. Além do mais, essas células brancas do sangue haviam penetrado no tecido, o que indica ainda que o coração estava sob estresse severo, como se o proprietário tivesse sido espancado.”

O Dr. Zugibe conclui dizendo que não há uma explicação científica para justificar tão fenômeno. Um Hóstia consagrada, tornar-se em aparência e estado físico em carne e sangue humano. LOUVADO SEJA NOSSO SENHOR JESUS CRISTO.

milagre eucaristico de buenos aires

Você também poderá gostar de ler estas outras postagens aqui do blog:

O vídeo abaixo mostra com clareza o processo de pesquisa do Dr. Ricardo Castañon, está em espanhol, mas de fácil entendimento.

Obrigado por sua visita. Deixe seu comentário logo abaixo com suas críticas e sugestões. Assine também e receba as atualizações em seu e-mail. Um grande abraço.

Sou ex-espirita, moro em Maringá -PR. Gosto de falar sobre religião e sobre a fé católica. Tenho interesse pela catequese de adultos. Sou formado em Administração. Gosto de Sistemas de Informação e Redes Sociais. Também gosto de programação para internet. Seja Bem Vindo.

Deixe uma resposta