IRENA SENDLER UMA CATÓLICA QUE FEZ A DIFERENÇA

postado em: Catequese | 0

Irena Sendler não é uma católica qualquer. Ela é conhecida como o “Anjo do Gueto de Varsóvia” ou a “Mãe do Gueto de Varsóvia. Esta mulher corajosa pôs em risco sua própria vida a favor das crianças judias aprisionadas pelos nazistas.

Existem grandes heróis na humanidade. Alguns fazem parte da Igreja Católica, outros porém, podem fazer parte de outros grupos religiosos, cristãos ou não.

Mas é muito bom sabermos quando dentro de nosso meio católico, existem pessoas que vão além o comum. Este é o caso de Irena Sendler, uma católica nada comum.

O Anjo do Gueto de Varsóvia

IRENA SENDLER UM EXEMPLO A SER IMITADO

Esta nossa heroína, leiga católica nasceu em Varsóvia que fica na Polônia no ano de 1910, país do nosso saudoso São João Paulo II. Irena trabalhou como assistente social ou uma espécie de enfermeira na época da Segunda Guerra Mundial.

Aterrorizada com a situação da população que sofria com a guerra, Irena Sendler se une ao Conselho para ajuda de Judeus. Esta nossa amiga na fé e na caridade, só poderia agir assim, pois eu pai também fez muito para ajudar aqueles que padeciam.

O pai de Irena era médico, e foi o único a cuidar de doentes contaminados por tifo, mesmo ele sabendo que poder também ser contagiado. Era o ano de 1917.

Irena já adulta se forma em assistência social em 1930. Inconformada com as aterrorizantes investidas nazistas contra o povo judeu, utiliza sua situação de polonesa e católica para tentar amenizar o sofrimento das pessoas que encontraria.

OS CAMINHOS DO ANJO DO GUETO DE VARSÓVIA

Tendo pass livre, Irena Sendler arquitetou um plano para salvar crianças que estariam condenadas a morte, juntamente com suas famílias. Cuidadosamente levava roupas e remédio para aqueles que estavam a mercê do sofrimento causado pela guerra e pelo nazismo.

As famílias judias estavam jogadas em uma vila, o gueto de Varsóvia, sem nenhuma condição humana. Os judeus que ali se encontravam, se não morriam de fome e frio, morriam pela violência nazista.

Este “Anjo do Gueto de Varsóvia“, juntamente com outras pessoas, se valiam de caixões de defuntos, passagens de esgoto ou até mesmo malas, para salvar as crianças daquele pesadelo.

A coragem de Irena em um ano permitiu que 2500 crianças fossem salvas da morte certa. Ao longo desta jornada, ela foi registrando o nome das crianças e suas respectivas famílias para que em um futuro pudessem se reencontrarem.

O ABRIGO CERTO NA HORA CERTA

As crianças que eram resgatadas foram entregues a colégios ou orfanatos católicos como forma de abrigar e assegurar suas vidas. Além dos colégios católicos, algumas famílias polonesas católicas se prontificaram em abrigar as crianças após o resgate.

Neste período de guerra, os nazistas faziam vigilância e se suspeitassem de algo, invadiam residências e interrogavam brutalmente a quem tivesse a mínima suspeita.

A tática de Irena Sendler, dos colégios e das famílias, eram de atribuir nomes cristãos para as crianças judias e ensiná-las as orações comuns católicas, caso as crianças fossem alvo de suspeitas.

Deixe-se claro que não houve nenhuma condição nem da parte da Irena e nem de seus ajudantes, a condição de que seria necessário abraçar a fé católica para serem salvas.

DO HEROÍSMO PARA A TORTURA

A determinação de salvar vidas do nazismo havia sido descoberto. Irena Sendler foi entregue as autoridades nazistas no ano de 1943. O Anjo do Gueto de Varsóvia foi torturada, quebraram suas pernas a pauladas.

Mesmo sendo torturada e alvejada pelos nazistas, Irena não entregou o nome das crianças que havia sido salvas e muito menos com quem estavam as crianças.

Nossa heroína havia sido sentenciada a morte. Entretanto, o Concelho para ajuda aos Judeus, conseguiu subornas os guardas. Irena ficou escondida com outro nome até o fim da Segunda Guerra Mundial. Irena Sendler faleceu no ano de 2008 com 98 anos.

Debaixo de um colchão de palha, Irena mantinha uma estampa de Jesus Misericordioso com o dito “Jesus, em Vós eu confio“.

Embora haja algumas informações imprecisas, o vídeo abaixo circula na internet contando a coragem da Mãe Anjo de Varsóvia.


CONFIRA ABAIXO A GALERIA DE FOTOS DE IRENA

 

Você também poderá gostar destas outras postagens aqui do blog:

Obrigado por sua visita. Deixe seu comentário logo abaixo com suas críticas e sugestões. Você também pode receber as atualizações do blog em seu e-mail. Um grande abraço.

Veja também mais informações sobre nossa grande heroína Irena Sendler em um portal judeu falando de sua coragem monumental.

Sou ex-espirita, moro em Maringá -PR. Gosto de falar sobre religião e sobre a fé católica. Tenho interesse pela catequese de adultos. Sou formado em Administração. Gosto de Sistemas de Informação e Redes Sociais. Também gosto de programação para internet. Seja Bem Vindo.

Deixe uma resposta