A FAMÍLIA EM PERIGO: QUEM DEFENDE A FAMÍLIA É UMA BESTA

postado em: Catequese | 0

A família vem sendo alvo de ataques de toda a sorte. É notório o esforço das novelas tentando desmontar a família tradicional. Investimento em novelas, filmes, desenhos e músicas com o propósito de acabar com a cultura familiar.

Estes embates contra a estrutura familiar ocorrem sempre de maneira sutil, quase que imperceptível. Mas em algumas vezes é escancarado.

Virou moda, que família, é algo ultrapassado, é do tempo do meu bisavô. Não existe mais pai, mãe, filhos, e . Para um grupo de pessoas isto é um mal que foi inventado.

Marilena Chaui quem defende a familia é uma besta

QUEM DEFENDE A FAMÍLIA É UMA BESTA

Existe um grupo de “intelectuais” que trazem um discurso sobre a invenção da família. Dizem eles, que a estrutura familiar que conhecemos é algo inventado e opressor.

Estes “estudiosos” fazem dizem, que a família é uma invenção capitalista e religiosa, que tempo apenas por intenção proteger seu próprio patrimônio.

Quem ouve este discurso sem ter o mínimo de senso crítico, parece ficar sem resposta alguma. Será mesmo que o conjunto familiar tem esta intenção.

Bem, é o que pensa este grupo de pessoas, inclusive a Filósofa Marilena Chauí. Diz ela, inclusive, que “Quem defende a família é uma besta“.

Embora esta palestra da palestrante tenha sido do ano passado, é algo que deve chegar ao conhecimento de todos, para assim perceberem o bombardeio de ataques que enfrentamos.

Logo, eu e você, se assim o for, segundo Marilena Chauí, somos “bestas” por acreditarmos na estrutura familiar. Somos alienados por projetamos esforços em defesa da base familiar.

O QUE DIZ A CONSTITUIÇÃO SOBRE A FAMÍLIA

Bem, sabemos que nossa Constituição não é perfeita, sabemos inclusive de coisa pior, que nem ao menos a Constituição Federal é devidamente respeitada, principalmente por nossos políticos.

Mas a constituição diz claramente o que é família e como sua estrutura é fundamental para a sociedade, diz no Artigo 226 da Constituição Federal de 1988: “A família, base da sociedade, tem especial proteção do Estado.”

Parece que a filósofa não conhece a Constituição Federal, se conhece a ignora, se ignora apenas o faz como tantos outros que corrompe a estrutura social familiar.

A própria Constituição define a FAMÍLIA como sendo a BASE DA SOCIEDADE, parece que este tipo de definição da família tem despertado um ódio irracional entre este grupo de pessoas.

Disse a filósofa em uma palestra realizada em uma escola particular, que a estrutura familiar que conhecemos hoje é uma invenção criada no século XVIII.

Mas será que a filósofa Marilena Chauí não conhece a cultura Judaica/Cristã? Que mantém a base familiar a mais de 4.000 anos? Como poderia ser a família uma criação de apenas 3 séculos atrás?

No vídeo abaixo de apenas 4 minutos, em uma exposição da rádio Jovem Pan, a locutora do programa Radioatividade, expõe o pensamento e também a fala da filósofa sobre a base familiar.

Amigos catequistas, o nosso desafio é muito maior do que possamos imaginar. Não podemos fechar os olhos e pensar que isto é algo isolado, não, não é.

Este tipo de discurso pode estar acontecendo ai, do seu lado, na sua escola, no seu trabalho, nas redes sociais. Não podemos nos calar.

Defender a estrutura familiar é defender a Fé, é por em prática aquilo que recebemos no Sacramento do Batismo. Por este Sacramento, somos adotados como filhos e filhas de Deus.

Você também poderá gostar destas outras postagens aqui do blog:

Muito obrigado por sua visita. Deixe seu comentário logo abaixo com suas críticas e sugestões é importante para o blog. Você também pode assinar e receber as atualizações semanalmente em seu e-mail. Um grande abraço.

Sou ex-espirita, moro em Maringá -PR. Gosto de falar sobre religião e sobre a fé católica. Tenho interesse pela catequese de adultos. Sou formado em Administração. Gosto de Sistemas de Informação e Redes Sociais. Também gosto de programação para internet. Seja Bem Vindo.

Deixe uma resposta