4 COISAS PARA NÃO SE ENSINAR NA CATEQUESE

postado em: Catequese | 2

A instrução catequética é um período onde preparamos os catecúmenos para receber os sacramentos. Esta preparação varia na catequese infantil e na catequese de adultos.

Ensinar na catequese não é uma tarefa fácil. Exige principalmente preparo, acredito que deve exigir muito preparo do que boa vontade.

Algumas coisas que vou comentar pode ser que você já tenha ouvido falar. Ou mesmo pode ser que em algum momento você mesmo pode ter se descuidado e ter sido levado por uma falsa catequese.

ensinar na cateque não é uma tarefa fácil, exige empenho, boa vontade e formação

ENSINAR NA CATEQUESE E NÃO DESVIRTUAR A CATEQUESE

Acredito realmente que todas as pessoas que se sentem chamada para a pastoral catequética, possuem um gosto e um desejo e aproximar as pessoas de Deus e da Igreja.

Porém, existem aqueles que infelizmente se colocam em uma posição de ACHISMO ou mesmo de SUPERSTIÇÕES e CRENDICES POPULARES.

Estas pessoas passaram quase que a vida toda ouvindo e acreditando em certas crenças ou ideias que não corresponde a DOUTRINA DA IGREJA.

Geralmente são pessoas bondosas, pessoas que frequentam as Santas Missas, mas que não deixaram, não largaram certas crenças, que trouxeram da infância ou mesmo ouviu dizer de alguém que para ela, tem alguma autoridade no assunto.

Se por acaso você é uma desas pessoas, por favor, não se ofenda, mas vamos estudar um pouquinho mais, para melhor preparar nossos catecúmenos.

4 COISAS PARA VOCÊ NÃO ENSINAR NA CATEQUESE

Obviamente existe uma lista muito maior que esta que irei apresentar que compromete a instrução catequética. Além destas 4 coisas, no final, vou dizer um cúmulo do absurdo que já ouvi de um “catequista”. Entendeu porque está entre aspas não é?

Geralmente estas coisas estão relacionadas a crendices e uma falta de formação pessoal ou mesmo uma deficiência da própria comunidade. Vamos lá:

1º VELAS PARA AS ALMAS

Pela morrrrrr! A Igreja que é COLUNA E SUSTENTÁCULO DA VERDADE (1 Tm 3,15) nos ensina por meio do Magistério da Igreja que o Purgatório é uma realidade e que devemos sim, rezar pelas almas.

Em todas as Missas reza-se por estes nossos irmãos que que já estão salvos, porém precisam passar por um período de purificação da alma.

Este período de purificação é abraçado pela GRAÇA DE DEUS, para que assim, as almas que se encontram no ESTADO DO PURGATÓRIO venha de uma vez por todas obter a salvação na contemplação divina.

Porém, nós, todos, de modo particular podemos rezar pelas almas. As almas que se encontram no Purgatório fazem parte da Igreja Padecente. Caso você ainda não saiba o que é a Igreja Padecente veja esta postagem.

A Igreja nos ensina no Concílio de Trento o seguinte a respeito da devoção, zelo e cuidado com as almas do Purgatório: “…ensinado nos sagrados concílios e atualmente neste Geral de Trento, que existe Purgatório, e que as almas detidas nele recebem alivio com os sufrágios dos fiéis e em especial com o aceitável sacrifício da missa…

Observe que podemos SIM colaborar com a salvação das almas por meio das nossas orações e sacrifícios. No entanto por excelência a Santa Missa é a primordial ação de intercessão para a salvação das almas.

PODE-SE ACENDER VELAS PARA AS ALMAS DENTRO DE CASA?

Sim, claro, não seja mal educado deixando as pobres almas até fora da sua casa. Brincadeira. É superstição acreditar que as almas iriam ficar dentro da sua casa por ter acendido uma vela. A vela por si só não tem poder algum. Porém recomendo que acendam velas ABENÇOADAS pelo Padre.

Uma vela abençoada é um SACRAMENTAL é um objeto onde está a graça de Deus. E por favor não coloque velas do lado do tanque, na garagem fora de casa com medo de que as almas iriam fazer acampamento em sua casa.

2º QUAL É O SEU SIGNO

Minhas almas do Purgatório!! Não pergunte signo dos seus catequizandos ou melhor de ninguém. Crer em signos ou influência dos astros no destino não é Doutrina da Igreja, é também superstição. E também atenta contra o Primeiro Mandamento, “Amar a Deus sobre todas as coisas“.

Ensinar na catequese ou mesmo mencionar este tipo de crença não é uma prática católica. Diga não aos signos. Nossa confiança está nas mãos de Nosso Senhor Jesus Cristo.

Signos e simpatias para seja lá o que for, é algo que nem deve passar pela mente do catequista. Devemos sim, crer na providência divida, que só vem de Deus.

3º SEXO FOI O PECADO DE ADÃO E EVA

Não, não foi este o pecado de Adão e Eva. O pecado, também chamado de PECADO ORIGINAL, relatado no livro do Gênesis está relacionado com a DESOBEDIÊNCIA.

Esta desobediência de Adão e Eva também envolve o egocentrismo do ser humano, embutido na falsa promessa da serpente. Esta falsa promessa elevou o desejo do homem em querer ser Deus: “vossos olhos se abrirão, e sereis como deuses, conhecedores do bem e do mal” (Gênesis 3,5).

4º FRASES ESPIRITAS

Por favor, não ensine na catequese doutrinas espiritas para os catecúmenos. Não compartilhe em suas redes sociais dizeres de membros espiritas, budistas e até mesmo protestantes (evangélicos).

Este tipo de prática só irá confundir o que de fato deve-se ensinar na catequese, que são os sacramentos e a doutrina da Igreja de Jesus Cristo.

Você pode estar bem intencionado passando mensagens de motivações, esperança e “harmonia ecumênica”, mas sobre tudo esteja preocupado em catequizar.

Os Evangelhos e as Sagradas Escrituras como um todos estão repletas de mensagens edificantes e instrutivas. Também os Santos, deixaram ensinamentos e escritos. Busque saber mais sobre os santos.

Existiram e existem grandes homens da Igreja de Cristo, Santos ou não, que defendem a Fé da Igreja e ensinar de fato o amor de Jesus.

Este link que vou deixar está repleto de frases de Santo Agostinho que foi Bispo da Igreja que viveu no século IV e foi um grande filósofo e teólogo. Aqui você também pode confirmar mais frases de Santo Antônio.

CÚMULO DO ABSURDO POR UM CATEQUISTA

Como disse anteriormente, vou relatar um absurdo dito por um “catequista”. Catequizar realmente não é um trabalho fácil. Exige comprometimento inclusive com a fé cristã.

Nós não podemos escolher no que acreditar. A Igreja nos ENSINA O QUE DEVEMOS CRER, pois ela recebeu de Cristo a revelação. Os pastores da Igreja, os Papas e os Bispos que estão em comunhão, nos instruem para termos uma fé reta e sadia.

Pois bem, esteja atendo que o que se deve ensinar na catequese deve estar de acordo com o que de fato a Igreja nos transmite.

Infelizmente, já ouvi dizer de um catequista, que nós NÃO deveríamos nos CONFESSAR, pois é uma ato de humilhação. Penso eu que esta pessoa, não tem instrução suficiente para ser catequista, pode estar repleta de boa vontade, mas nada sabe da Doutrina da Igreja.

Existe também uma grande diferença entre humildade e humilhar-se. A confissão é sim, um ato de humildade e arrependimento.

Você também poderá gostar destas outras postagens aqui do blog:

Se você já ouviu alguma barbaride deixe seu comentário, compartilhe aqui no blog e permita que outras pessoas possam crescer na Fé. Você também pode assinar o blog e recebe as atualizações em seu e-mail. Um grande abraço.

Sou ex-espirita, moro em Maringá -PR. Gosto de falar sobre religião e sobre a fé católica. Tenho interesse pela catequese de adultos. Sou formado em Administração. Gosto de Sistemas de Informação e Redes Sociais. Também gosto de programação para internet. Seja Bem Vindo.

2 Responses

  1. eduardo

    Não encontrei na Bíblia que JESUS quisesse que todos fossem “Espiritas” “Católicos” ou “Judeu”, e, sinceramente, não vejo nenhuma “frase espirita” que não se encaixe nos ensinamentos de Jesus. O colega poderia citar “quais frases espiritas” se refere?

    • Marcelo Catequista

      Caro Eduardo, obrigado por seu comentário, que bom que entrou em contato por meio deste comentário.
      Vamos por parte nas questão que você apresenta.

      Você disse que não encontrou na Bíblia que Jesus quisesse que todos fosse “Espiritas” “Católicos” ou “Judeu”. Bem sobre Bíblia, caro Eduardo, somente aquela que organizou com autoridade pode falar, pois a Bíblia, principalmente o Novo Testamente, nasceu no seio da Igreja, portanto, somente a IGREJA tem autoridade para interpretá-la.

      Sobre a questão dos Espiritas, Católicos e Judeus. Engana-se o senhor sobre esta questão. Jesus Cristo, sim edificou uma Igreja.
      No Evangelho de São Mateus no capítulo 16 vs 18, Cristo diz: “E eu te declaro: tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha Igreja; as portas do inferno não prevalecerão contra ela.”

      Agora deixo para você me dizer, me diz, a qual Igreja Jesus se refere? Qual Igreja cristão existia antes da Igreja que é chamada de católica…tempo… tic, tac, tic, tac.

      Dica, Católica não é o nome da Igreja e sim sua qualidade ou atributo….. tic, tac, tic, tac.

      Você ainda quer saber que frases espíritas são anti cristã! Bem, não existe somente frases e ensinos, mas toda a doutrina espírita é incompatível com o cristianismo. Veja, não quero dizer aqui sobre as pessoas e sobre obras sociais empregadas pelo espiritismo, mas ensino doutrinal.

      O principal ensino doutrinal espírita incompatível é a REENCARNAÇÃO já que os cristão e principalmente a Igreja que você desconhece, assume o ensinamento de CRISTO sobre a RESSURREIÇÃO, são dois ensinamentos incompatíveis.

      Allan Kardec o baluarte do Espiritismo deixa claro sobre sua posição com relação aos negros:

      “Os negros, pois, como organização física, serão sempre os mesmos, como espíritos, sem dúvida, são uma raça inferior, quer dizer, primitiva; são verdadeiras crianças às quais pode-se ensinar muita coisa; mas por cuidados inteligentes, pode se sempre modificar certos hábitos, certas tendências, e já é um progresso que levarão numa outra existência, e que lhes permitirá, mais tarde, tomar um envoltório em melhores condições.”

      fonte: http://www.sistemas.febnet.org.br/gerenciador/pdfRepository/2009-11-20-30.45f1619bf43ffc6b3c4e21170fd9bdf4.pdf

      Mas tem várias, vamos indo trocando figurinhas…Abraços.

      Paz e Bem.

Deixe uma resposta