CATEQUESE DO LEIGO

Seja bem vindo ao blog catequese do leigo. Aqui você pode encontrar assuntos relacionados a Igreja. Materiais e discussões sobre catequese.

catequese do leigo - nossa senhora do perpetuo socorro

QUAL A DIFERENÇA DA BÍBLIA CATÓLICA PARA A BÍBLIA PROTESTANTE?

A Bíblia é um conjunto de livros que foram organizados pela Igreja. A Sagrada Escritura portanto, como conhecemos hoje nasceu na Igreja. Portanto a Bíblia é católica.

Foram longos três séculos para que a Igreja, por ação do Espírito Santo, organizasse os livros da Bíblia que conhecemos hoje. A Igreja crê e reconhece que todos os livros que estão disposto desde Gênesis até Apocalipse, são divinos e inspirados por deus.

Até o ano de 1517 só havia uma única formação literária das Bíblia. Porém, com o surgimento do Protestantismo, a partir de Marinho Lutero, a composição da Bíblia sofreu alterações.

diferença entres as bíblias

A DIFERENÇA ENTRE A BÍBLIA CATÓLICA E EVANGÉLICA (PROTESTANTE)

A diferença básica entre a Bíblia Católica e a Bíblia Protestante, é a quantidade dos livros. A Bíblia Católica é composta por 73 livros, enquanto a protestante é por 66 livros.

A Bíblia Evangélica possui todos os livros iguais no NOVO TESTAMENTO, os livros que Martinho Lutero retirou da Sagrada Escritura são do ANTIGO TESTAMENTO.

Martinho Lutero, foi um monge da Ordem dos Agostinianos. Após levantar suas famosas 95 QUESTÕES sobre a doutrina católica, conquistou um grupo de nobres e príncipes como seguidores.

No tempo de Marinho Lutero havia uma prática chamada de simonia. Esta prática desonesta e contra a  doutrina da Santa Igreja, consistia em “vender” graças sacramentais, como por exemplo as indulgências.

Embora Marinho Lutero estivesse correto em criticar as ações de ALGUNS FILHOS da Igreja, ele optou por não acolher a Fé católica, renunciando a Igreja.

Entre as verdades de Fé da Igreja, recusada por Lutero, o ex monge não rejeitou a autoridade Papal, a indulgências e as orações para os fiéis mortos.

Esta distinção entre a lista dos livros bíblicos católicos e protestantes, pode inclusive em fazer toda a diferença, na aceitação das verdades de Fé.

Um outro ponto negado por Lutero é a Sagrada Tradição. Sabemos que a Bíblia é a Palavra de Deus escrita e a tradição é a Palavra de Deus falada.

Portanto para negar as verdades da Fé católica, além de recusar a lista da Bíblia católica, Martinho Lutero também recusou a Sagrada Tradição.

Abaixo está a lista dos livros que não estão presentes na Bíblia dos Evangélicos:

Esses livros são:

  1. Tobias
  2. Judite
  3. Sabedoria
  4. Eclesiástico
  5. Baruc
  6. 1 Macabeus
  7. 2 Macabeus

Esta remoção dos livros Sagrados, pode fazer toda a diferença na Fé, visto que por exemplo a fundamentação das indulgências e oração pelos falecidos pode ser encontrado em Macabeus.

OUTRA DIFERENÇA ENTRE A BÍBLICA CATÓLICA E PROTESTANTE

Além da questão dos sete livros já mencionado, existem outras diferenças, quanto a TRADUÇÃO e até mesmo pontuações ortográficas.

Veja por exemplo diferença de tradução na Bíblia Protestante, com a Tradução de José Ferreira de Almeida, a mais comum entre os evangélicos:

Respondeu-lhe Jesus: Em verdade te digo que hoje estarás comigo no paraíso.(S. Lucas 23, 43)

Agora note o mesmo versículo na tradução da Bíblia católica da edição Ave Maria:

Jesus respondeu-lhe: Em verdade te digo: hoje estarás comigo no paraíso. (S. Lucas 23, 43) 

Perceba que no versículo da tradução de José Ferreira de Almeida, não há pausa antes da palavra HOJE, já na na versão da Ave maria, sim. O versículo na Bíblia Evangélica não dá a lógica de que Jesus iria salvar o ladrão, que estava ao seu lado na cruz.

O que já é claro na tradução da Bíblica Católica. Vejamos agora um outro exemplo, no mesmo Evangelho de Lucas, mas agora na Anunciação.

O que vimos foi um dos exemplos das diferenças, além da contagem de livros, entre a Bíblia Católica e Evangélica. No entanto, embora haja estas divergências de traduções, mesmo propositais, não se deve menosprezar a Palavra de Deus que persiste na Bíblia Evangélica.

Você também pode ver outras postagens aqui no blog:

Deixe seu recado logo abaixo com suas críticas e sugestões. Você também pode assinar o blog e receber as atualizações toda a semana. Abraços.

Autor Catequese do Leigo catequesevirtual@gmail.com

Sou católico e amo a Igreja. Gosto de teologia e me interesso por catequese de adultos.

Anúncio
ASSINE O CATEQUESE DO LEIGO
POSTAGENS RECOMENDADAS
Anúncio
RECEBA ATUALIZAÇÕES

comment DEIXE SEU COMENTÁRIO LOGO ABAIXO NO CATEQUESE DO LEIGO

10 Comentários

  1. Ariel França disse:

    MDC isto e força a inteligencia humana,nao so estudado,nao vejo diferença de texto por causa de dois pontos,monstrem outras diferenças ex matheus 1:25 quem forço o texto do original?

    • Ariel França muito obrigado por seu comentário aqui no blog. Antes de responder a sua pergunta, gostaria que respondesse a minha! O ladrão, o qual Jesus conversou na cruz, foi para o céu com Jesus neste mesmo dia? Aguardo.

  2. Ariel França disse:

    Ola Marcelo,tambem te agradeço,eu creio que que sim, nao no ceu no paraiso.Jesus falo hoje estaras comigo no paraiso,eu creio que ceu e paraiso sao diferentes um do outro.

  3. Ariel França disse:

    Ola bom dia Marcelo,gostaria da sua resposta

  4. Ariel França disse:

    Ola Marcelo “catequista” ja que parece nao querer me responde quem forço o texto em mt 1:25 pois vc sabe que hj qualque liego sabe, nao tamo mais na idade media,pois ja q vc c diz “ensinador” da Palavra de Deus,me dis c eu ou alguma pessoa pode expulsa demônio com pedaço de coraçao de peixe assado?ou c os demonio foge de medo de coraçao de peixe assado kkkkkkk

    • Olá Ariel, mais uma vez agradeço seu comentário aqui no Blog Catequese do Leigo. Olha só, isto é muito interessante. Sua ansiedade por uma resposta mostra realmente quem é, colocou as asinhas de fora…tá certo!

      Você deduz que eu “forcei” em Mt 1,25 e em uma postagem anterior você ainda diz que o “paraíso” e o “céu” não são as mesmas coisas!

      Este é um grande problema da “sola scriptura” cada um interpreta como quer. Alguns protestantes acreditam que o céu e o paraíso são as mesmas realidades outros já acreditam que não, que o céu é uma coisa e o paraíso é outra.

      Você como bom protestante, se vale agora do argumento, em dizer que o Paraíso e o Céu são realidades diferentes, ora, não são vocês que dizem que não há outras realidades que não o Céu e o Inferno?

      Havia sim, uma outra realidade para aqueles que morreram antes de Cristo, antes DEle concretizar sua vitória contra a morte.
      Você pode conferir isto na tradução Ferreira de Almeida em Atos (2,26-27) que diz: por isso se alegrou o meu coração, e a minha língua exultou; e além disso a minha carne há de repousar em esperança; pois não deixarás a minha alma no hades, nem permitirás que o teu Santo veja a corrupção..

      O Hades no grego ou Sheol no Hebraico, corresponde a “morada” de todos aqueles que morreram antes de Cristo. Por isto o Apóstolo diz, “…pois não deixarás a minha alma no hades (morada dos mortos)..” Assim também como em (1 Pedro 3, 19)

      Voltando, portanto, para alguns protestantes, o ladrão na cruz foi SALVO, mas não naquele diz. Para nós católicos, Jesus, que é Senhor da vida e de tudo, SALVOU o ladrão naquele mesmo dia, ..”ainda hoje estarás comigo no Paraíso”.

      Cristo SALVOU o ladrão (estar no Paraíso). Paraíso ou Céu, nem são “lugares físicos” mas sim um estado. O Céu/Paraíso consiste em uma mesma realidade.

      Mesmo querendo você crer que o Paraíso e o Céu são realidades diferentes não consegue sustentar esta posição, pois é apenas interpretação dentre tantas outras que atua no protestantismo. Há protestantes que creem e há protestantes que não creem que o Paraíso e o Céu são realidades diferentes! Quem está certo?

      Bom, atuando como um bom protestante agora, muda o assunto escarnecendo do livro Tobias, que o protestantismo retirou das sagradas escrituras, assim como os outros 6 livros.

      Ora você leu o livro de Tobias? Você leu sobre a perseverança de Tobias, você leu sobre a vida de castidade que ele teve e dos conselhos que Tobit deu para seu filho Tobias? E é nisto que se prende?

      Cito: ” 9.Quando se tornou adulto, desposou uma mulher de sua tribo, chamada Ana, da qual teve um filho, a quem deu o nome de Tobias. 10.Ensinou-lhe desde a sua mais tenra idade a temer a Deus e a se abster de todo o pecado.” Tobias 1, 8-9

      Você teme a Deus Ariel, se abstêm do pecado, são bons conselhos não são?

      Você diz: “alguma pessoa pode expulsa demônio com pedaço de coraçao de peixe assado?ou c os demonio foge de medo de coraçao de peixe assado kkkkkkk”.

      Me diga qual é o problema se em:

      II Reis 4, 35-37 (Eliseu deixa em cima de um garoto morto, sopra sobre seus olhos para que o menino viva)
      II Reis 13, 21 (Um morto volta a vida ao tocar nos ossos de Eliseu)

      Mt 8, 23 (Jesus curou com saliva)

      Também em atos:
      Atos 19, 11-12 (Havia cura e expulsões de espíritos malignos com lenções e panos)

      Por acaso isto desmerece o livro de Tobias?

      Mas já que gosta de fazer perguntas, vamos então falar de algo que é comum para mim e para você, por favor, como você tem certeza que o Evangelho de Marcos, foi escrito por Marcos mesmo…Saberia me responder, quais são de fato todos os livros sagrados da Bíblia, onde há esta lista?

      Abraços cordiais,
      Viva o Cristo Rei.

  5. Ariel França disse:

    Ola Marcelo muito obrigado mesmo por m responde, gostaria de comenda cada tópico deste q vc m escreveu q pra mim é muito importante,como ja t falei não tenho muito estudo mais tenho muita ansiedade pela palavra de Deus,pois creio que e a minha salvação que esta em jogo acredito que a Bíblia ensina que a salvação é individual(to certo ou errado?)nem q pra isto eu tenha q “tira as asinhas de fora kkk”,vejo q vc cito bastante vrs bíblico,bem mais conhecedor q eu só q vc não me respondeu nem uma das 2 pergunta ,me parece q os estudados católicos querem esconde a verdade, eu não falei q vc forço em MT 1:25 perguntei quem forço na tradução pois a diferença e grande entre Almeida Ferreira e ave maria forçaram pra coloca doutrinas erronias pois bem quando os livros q vcs católicos c orgulhao em dizer q Lutero q retiro tenho muitas duvidas gostaria q vc m esclarece-se Porque so em 8 de abril de 1546 q a igreja oficializou? c eu tive errado m prove com documentos 2 Jesus e os autores do novo testamento mencionaram mais de 295 trechos do VT como palavras de Deus ou inspirada por Deus e munca falo

    • Olá Ariel, que bom recebe-lo aqui novamente, bom, você diz:
      ”Ola Marcelo muito obrigado mesmo por m responde, gostaria de comenda cada tópico deste q vc m escreveu q pra mim é muito importante,como ja t falei não tenho muito estudo mais tenho muita ansiedade pela palavra de Deus,pois creio que e a minha salvação que esta em jogo acredito que a Bíblia ensina que a salvação é individual (to certo ou errado?)”

      Resposta: A salvação é individual, mas toda a Igreja intercede por todos. Nós católicos cremos que a Igreja é sobrenatural. A Igreja está aqui na terra assim como está no Céu. “Adiantou-se outro anjo e pôs-se junto ao altar, com um turíbulo de ouro na mão. Foram-lhe dados muitos perfumes, para que os oferecesse com as orações de todos os santos no altar de ouro, que está adiante do trono.” (Ap 8, 3) assim como também em: “Quando recebeu o livro, os quatro Animais e os vinte e quatro Anciãos prostraram-se diante do Cordeiro, tendo cada um uma cítara e taças de ouro cheias de perfume (que são as orações dos santos).” (Ap. 5, 3).
      Pois Deus deseja que todos os homens se salvem (II Tm 2, 4).

      Você diz: “nem q pra isto eu tenha q “tira as asinhas de fora kkk”,vejo q vc cito bastante vrs bíblico,bem mais conhecedor q eu só q vc não me respondeu nem uma das 2 pergunta ,me parece q os estudados católicos querem esconde a verdade,”

      Resposta: Arial, sim, respondi suas perguntas, talvez você precisa ler com um pouco mais de calma. Se você já fez isso, faça novamente. Respondi sobre a diferença entre nós católicos, que cremos, que assim como diz a Sagrada Escritura, Cristo entregou a salvação para o ladrão na Cruz, que se arrependeu.
      Também respondi sobre a questão do livro do Tobias. Você quis invalidar o livro por conta do coração do peixe? Gostaria de saber com que autoridade você tem e outros protestantes tem para o faze-lo.
      Alias, mostrei alguns trechos bíblicos, que poderiam ser considerados “estranhos”, como Jesus curar uma cegueira com cuspe. Ou os panos dos Apóstolos curarem e expulsar demônios. Mas isso não te incomodou.

      Você ainda diz que a Igreja introduziu erros. Meu caro, agradeça a Igreja por você ter uma Bíblia. Foi a Igreja que guardou e recompilou a Bíblia ao longo dos séculos.
      A primeira tradução bíblica do hebraíco/grego foi feita por São Jerônimo, concluíndo no ano 384.

      Você diz: “orgulhao em dizer q Lutero q retiro tenho muitas duvidas gostaria q vc m esclarece-se Porque so em 8 de abril de 1546 q a igreja oficializou?”

      Resposta: Confesso que não entendi muito bem sua pergunta, acredito que esteja falando sobre a retirada do livros canônicos da Sagrada Escritura por Lutero. Se for isto respondo conforme entendi.
      Sim, Lutero retirou 7 livros da Sagrada Escritura. Os livros da Sagrada Escritura já haviam sido definido.
      Não tem sentido dizer que a Igreja colocou os livros somente em 1546, sendo que Lutero retirou estes livros antes…entendeu? Como que Lutero iria retirar algo que ainda não estava??? Faça as contas! Lutero 1517 – oficialização da Igreja (?) 1546.
      O que aconteceu em 1546 no Concilio de Trento foi a reafirmação do canôn biblíco, o que também já havia ocorrido no Concilio de Florença em 1442.
      O canôn biblíco foi formado definitivamente em 382 no Concílio de Roma com o Papa Dâmaso I.
      A Igreja NUNCA disse que os livros do Antigo Testamento não eram inspirados, alias quem disse isto foram os protestantes “Os protestantes só admitem como livros sagrados os 39 livros do cânon hebreu. O primeiro que negou a canonicidade dos sete deuterocanônicos foi Carlostadio (1520), seguido de Lutero (1534) e depois Calvino (1540)” (“Como a Bíblia foi escrita”, ACI Digital, 2004).”
      Quando retiraram os 7 livros do Antigo Testamento.

      Ps.: Como você sabe que o Evangelho de Marcos foi escrito pelo próprio autor?

  6. Ariel França disse:

    Ola Marcelo eu vejo que cada um vai puxa farinha pro seu lado,vc nao m respondeu quem forço o texto em Mt 1:25″trduçao Almeida ou ave Maria”

    Quando a resposta do “coração de peixe expulsa demônio”vc cito vrs que o lenço de Paulo,mais nois sabemos que a fe de Paulo em Cristo e nao uma heresia de anjo

    Quando a perg do autor de Marcos nao vejo problema quem escreveu pois nem Hebreus sabemos quem escreveu o problema é o comteudo dos 7livros que nem os judeus aceitam

    sabemos que o velho testamento foi escrito por causa dos judeus e para eles

    Minha perg:Um anjo que c dis de Deus pode mentir? Tobias 5:16a19

    • Olá Ariel, sempre bom ter seu comentário aqui no Blog. Obrigado por partilhar.
      O texto da tradução do João Ferreira de Almeira, como você diz “força” ou melhor, não dá força alguma para o sentido da frase. “Ainda hoje”.

      Mas como não há unanimidade entre as doutrinas protestantes, isso para você é irrelevante pois para você, como me disse anteriormente, Paraíso e Céu, são coisas distintas.

      Ariel, Ariel, o homem que gosta de fazer perguntas, mas que pouco responde!

      Heresia de anjo? Com que autoridade você diz que o Anjo Rafael

      O nome Ariel deve ser “Aquele que tenta desmentir Deus”… por que não crê no próprio Deus, mas em um simulacro.

      Você tenta desmerecer o livro de Tobias que é devidamente inspirado. Mas alega que os Judeus não possuem estes livros. Caro Ariel, “aquele que tenta desmentir Deus”, então meu caro, seja Judeu e não cristão.

      Abrace toda a tradição Judaica e despreze o novo testamento. Se o livro de Tobias desmerece crédito por ele não constar do cânon judaico, então é melhor que você se desfaça dos Evangelhos e todo o Novo Testamento, pois estes também não estão no cânon judaico.

      Celebre a Páscoa Judaica e guarde o sábado como um judeu, fazendo todos os preceitos que a lei mosaica ordena.

      Você me pediu documentos, e eu lhe mostrei. Mas sua ânsia de querer denegrir e caluniar a Igreja é muito maior do que o próprio raciocínio.

      Pois no Cristianismo, desde os primeiros séculos da Igreja, consta a composição dos livros que você menospreza por falta de conhecimento e preconceito.

      Você, Ariel, “aquele que tenta desmentir Deus”, que aprova o panos e lenços de Paulo, por que lhe é conveniente. Mas não trata da mesma forma como quer a narrativa de Tobias.

      Então você cita:
      “O anjo respondeu: Que é que procuras: a raça do servo, ou o próprio servo para acompanhar teu filho? Mas, para tranquilizar-te, eu sou Azarias, filho do grande Ananias. És de família distinta, respondeu Tobit. Rogo-te que não me queiras mal por ter querido conhecer tua origem.” (Tobias 5, 17-19).

      Então veja caro Ariel, “aquele que tenta desmentir Deus”. Se o disfarce do Anjo Rafael e a acusação de mentira é requisito para invalidar o livro de Tobias, então, o Livro de I Reis também deve ser ainda mais excludente, já que Deus põe um “espírito de mentira” na boca dos profetas:

      “Então um espírito adiantou-se e apresentou-se diante do Senhor, dizendo: Eu irei seduzi-lo. O Senhor perguntou: De que modo? Ele respondeu: Irei e serei um espírito de mentira na boca de seus profetas. – É isto, replicou o Senhor. Conseguirás seduzi-lo. Vai e faze como disseste. O Senhor pôs um espírito de mentira na boca de todos os profetas aqui presentes, mas é a tua perda que o Senhor decretou.”(I Reis 22, 21-23).

      Observando ainda mais o texto do livro de Tobias, nos versículos que você, “quer desmentir Deus”, o Anjo diz ser “Azarias” filho de “Ananias”.

      Azarias significa “O Senhor ajudou” e Ananias quer dizer “Deus de misericórdia”. No contexto da leitura o escritor quer dizer que o auxílio vem do Senhor que ajuda e é misericordioso.

      No mesmo capítulo, o autor do livro de Tobias, já revela que o homem com quem Tobias se encontra, trata-se de um anjo. Que posteriormente ele o revela:

      “Vou descobrir-vos a verdade, sem nada vos ocultar […]. Mas, porque era agradável ao Senhor, foi preciso que a tentação te provasse […]. Eu sou o anjo Rafael, um dos sete que assistimos na presença do Senhor.” (Tobias 12, 11.13.15).

      O que o Anjo Rafael fez foi ocultar sua natureza para que Tobias pudesse seguir seu caminho na confiança do Senhor. O Livro de Tobias também fala de:
      – Persevença
      – Respeito aos pais e as pessoas
      – Temor de Deus
      – E castidade

      Olha só que interessante o que você diz “Quando a perg do autor de Marcos nao vejo problema quem escreveu pois nem Hebreus sabemos quem escreveu o problema é o comteudo dos 7 livros que nem os judeus aceitam”

      Veja, quando lhe convém o argumento, ai é válido. Mas você só crê que o autor é Marcos, por que a tradição diz. E repetindo, os judeus não aceitam, pois são judeus, pois estes livros foram escritos na diáspora judaica e ELES os Judeus catalogaram os livros conforme a tradição deles. Não somos Judeus.

      Abraço.
      VIVA O CRISTO REI.