DIÁCONO O QUE É E O QUE ELE FAZ NA IGREJA – CATEQUESE

postado em: Catequese | 2

O diácono é um membro do clero da Igreja. Nesta postagem você entenderá a dimensão básica do ministério diaconal. Muitas pessoas ainda não entendem qual é a função ou finalidade deste ministério.

Em algumas dioceses há presença do diácono é pouco usual. Isto pode ser por vários motivos que não convém discutirmos agora. Mas ele tem uma participação fundamental na comunidade cristã.

Embora em algumas a presença diocese os faltem, há outras em que existem paróquias com dois ou mais dados ao serviço diaconal.

ministro do serviço o diácono

QUANDO SURGIU O DIÁCONO?

Algumas pessoas imaginam que alguém que seja diácono seja uma espécie de  subalterno do padre, o que não é verdade. Mas antes de continuar vamos ao sentido da palavra.

A palavra diácono, que vem do grego (diakonos) quer dizer SERVIÇO, logo é alguém que está para servir. E de fato, neste sentido o que recebe este chamado, está para servir a comunidade e também o padre.

Algo que também se confunde com a função do diácono é que ele é um substituto do padre, o que também não é verdade. O diaconato tem seu papel na Igreja desde seu inicio.

Portanto o diaconato é um serviço para a comunidade cristã. O serviço diaconal surgiu pela necessidade que a Igreja  estava passando no atendimento da comunidade.

Esta dificuldade é relatada no livro dos Atos dos Apóstolos quando se encontram diante de uma situação na comunidade, leia:

Naqueles dias, como crescesse o número dos discípulos, houve queixas dos gregos contra os hebreus, porque as suas viúvas teriam sido negligenciadas na distribuição diária. Por isso, os Doze convocaram uma reunião dos discípulos e disseram: Não é razoável que abandonemos a palavra de Deus, para administrar. Portanto, irmãos, escolhei dentre vós sete homens de boa reputação, cheios do Espírito Santo e de sabedoria, aos quais encarregaremos este ofício. Nós atenderemos sem cessar à oração e ao ministério da palavra. Este parecer agradou a toda a reunião. Escolheram Estêvão, homem cheio de fé e do Espírito Santo; Filipe, Prócoro, Nicanor, Timão, Pármenas e Nicolau, prosélito de Antioquia. Apresentaram-nos aos apóstolos, e estes, orando, impuseram-lhes as mãos. (Atos 6, 1-6)

Ao contrário também do que muitos pensam o diaconato surgiu anterior ao segundo grau do sacramento da ordem, que é o presbiterato, os padres.

DIÁCONOS E O SACRAMENTO DA ORDEM

Como você já percebeu o diácono é um MINISTRO ORDENADO, ele recebe o Sacramento da Ordem em seu grau menor. Porém com sua importância distinta.

O Sacramento da Ordem se divide em:

  • Episcopado (Bispos)
  • Presbiterato (Padres)
  • Diaconato (Diáconos)

Embora o diaconato seja um ministério ordenado o diácono NÃO É UM SACERDOTE, somente os Bispos e Padres são sacerdotes.

O Catecismo da Igreja Católica também nos ensina, pela luz da Tradição o sentido e a finalidade do diaconato:

Os diáconos participam de modo especial na missão e na graça de Cristo. O sacramento da Ordem marca-os com um selo (‘caráter’) que ninguém pode fazer desaparecer e que os configura com Cristo, que se fez ‘diácono’, isto é, o servo de todos. Entre outros serviços, pertence aos diáconos assistir o bispo e os sacerdotes na celebração dos divinos mistérios, sobretudo da Eucaristia, distribuí-la, assistir ao Matrimônio e abençoá-lo, proclamar o Evangelho e pregar, presidir aos funerais e consagrar-se aos diversos serviços da caridade.” (CIC §1570)

O diácono pode ser PERMANENTE ou TRANSITÓRIO. Um diácono transitório são aqueles é uma etapa que todo padre passa antes de se tornar sacerdotes de fato.

O diácono permanente é um homem que recebeu o sacramento da ordem, geralmente é casado possui filhos e um trabalho como qualquer um.

QUEM PODE SER DIÁCONO

Assim, como se mantém na Tradição Apostólica, somente os homens podem ser ordenados. O diácono não é um LEIGO ele por ser ORDENADO faz parte do CLERO, junto com os padres e os bispos.

Um batizado, que seja bom católico, firme na fé e que tenha no mínimo 35 anos, pode ser chamado para o serviço diaconal. Alguém que se torne diácono casado, se ficar viúvo permanecerá solteiro.

Caso um solteiro, venha a ser ordenado diácono, não poderá se casar posteriormente. Uma vez ordenado, assim como os padres, sempre ordenado.

Estes ministros ordenados também utilizam vestes litúrgicas semelhantes aos do padre, porém um dos ornamentos se distingue, a estola.

Enquanto a estola do padre, que é sacerdote cobre os dois ombros, a estola de um diácono é no sentido diagonal, sai do ombro cobrindo o peito.

o diácono é um ministro ordenado

VOCÊ TAMBÉM PODERÁ GOSTAR DESTAS OUTRAS PUBLICAÇÕES:

Obrigado por sua visita. Você também pode deixar seu comentário logo abaixo com suas críticas e sugestões. Assine o blog e receba as atualizações em seu e-mail. Um grande Abraço.

Sou ex-espirita, moro em Maringá -PR. Gosto de falar sobre religião e sobre a fé católica. Tenho interesse pela catequese de adultos. Sou formado em Administração. Gosto de Sistemas de Informação e Redes Sociais. Também gosto de programação para internet. Seja Bem Vindo.

2 Responses

  1. Antonio Lucas Henrique de Paiva

    Glória a Deus, por nós termos acesso a um site tão esclarecedor como esse! peço graça a Deus e força para afastar toda a minha tibieza e esquecimento para pelo menos ler esse site nas horas vagas que quase sempre são muitas. Salve Maria!

Deixe uma resposta