O QUE SIGNIFICA DIOCESE E PARÓQUIA PARA NÓS CATÓLICOS

postado em: Catequese | 1

Dentro da tradição e cultura da Igreja existem inúmeras palavras que transmitem o significado da nossa fé. Nesse contexto é necessário observar a origem e o sentido destas palavras. É o caso da palavra Diocese e Paróquia.

Outro ponto fundamental é que a Igreja nasceu no oriente, que na época era dominado pelo povo romano. Os romanos falavam o LATIM, mas havia também uma segunda língua e uma terceira língua, que no caso era o GREGO e nessa ocasião o ARAMAICO.

O latim era a língua oficial do império romano. A língua grega era utilizada comercialmente, basicamente era comum aprende-lo. O aramaico era a língua de Jesus.

O aramaico é uma ramificação da língua hebraica que é a língua falada pelos judeus. Naturalmente, Jesus sendo judeu, conhecia o aramaico.

o que significa a palavra diocese e o que significa a palavra paróquia
Catedral de Maringá – PR

DIOCESE E PARÓQUIA QUAL O SIGNIFICADO?

Particularmente, como catequista, gosto de conhecer as mais diversas dimensões que envolve a Tradição da nossa fé, que também é expressada em forma de cultura.

Essa cultura se estende na liturgia, nas mais simples orações, nas músicas e também no vocabulário. Constantemente falamos palavras, como diocese e paróquia, mas as vezes falamos sem de fato conhecer a origem.

Bem, em um primeiro momento as celebrações ainda havia elementos pertencentes ao judaísmo, a mudança litúrgica e de expressões no vocabulário foi acontecendo ao longo dos anos.

Sabe então que por se tratar de um povo judeu e continha raízes no judaísmo, as primeiras celebrações eram em aramaico, a língua de Jesus.

No entanto, com o avanço da evangelização da Igreja, a língua grega foi se tornando um idioma forte dentro da Igreja. A adoção da língua grega iria facilitar inclusive a evangelização.

Já que a língua grega, era basicamente um segundo idioma em vários lugares, nada mais estratégico do que usa-lo. A língua grega apesar de ser uma língua não muito flexível como a língua portuguesa, ela é muito rica na forma de se expressar.

DIOCESE

Explicado o contexto cultura e de espanação, de forma resumida, o uso da língua grega, podemos entender o porque vários termos que usamos, provém destas três línguas, o Latim, a Grega e o Judaica.

A palavra DIOCESE que vem do GREGO (διοίκησις) que para o latim é DIOCESIS significa em seu sentido amplo um TERRITÓRIO.

Este termo tem origem inclusive do próprio direito romano. No império romano o imperador Diocleciano (284 a 305 d.C) quis dividir o império em várias províncias.

Estas províncias criadas pelo o imperador eram chamadas de dioceses. Após a queda do império romano. A Igreja que já estava estabelecida, acolheu este nome também para designar o espaço territorial que era e ainda é administrado por um Bispo.

Logo, toda diocese possui um Bispo e é administrada por ele. A palavra diocese para nós católicos hoje, também quer dizer “Porção do Povo de Deus“.

Outro ponto importante é que somente o Papa estabelece ou seja cria uma diocese e estabelece um Bispo para aquele local.

E O QUE É  UMA ARQUIDIOCESE?

O termo ARQUIDIOCESE é usado para expressar algumas características de uma diocese. Por exemplo, Algumas dioceses recebem o título de arquidiocese por algumas necessidades jurídicas e até mesmo de espaço territorial.

Geralmente uma arquidiocese está em volta de outras dioceses menores. Lembre-se que uma diocese não envolve uma única cidade, mas sim várias. É um território que não é marcado pelo espaço geográfico federativo ou municipal, embora o envolva.

A diocese que moro, recebeu o título de Arquidiocese pelo Papa João Paulo II em 1979. É uma das dioceses mais antigas do Paraná.

Ao redor da Arquidiocese de Maringá, há outras dioceses menores, como a de Campo Mourão, Paranavaí e Apucarana. A Arquidiocese de Maringá possui em sua dimensão territorial cerca de 27 municípios.

O Bispo administrador de uma Arquidiocese recebe portanto o título de Arcebispo. O termo “arce” que vem do grego quer dizer PRIMEIRO.

PARÓQUIAS, O QUE SÃO?

Também já compreendido toda a explicação o uso, costume e cultura da dimensão da Igreja, percebemos então que várias palavras que usamos provém dos primeiros costumes da Igreja Primitiva.

Já para entendermos, uma diocese não é formada pelo conjunto dos municípios. Uma diocese é formada por um conjunto de PARÓQUIAS.

Assim como uma diocese envolve o conjunto de vários municípios, uma paróquia envolve o conjunto de vários bairros, que irão formar aquela estrutural paroquial. Uma paróquia é administrada por um padre.

A palavra PARÓQUIA é muito interessante, ela pode ser entendida de uma forma ampla como também de uma forma resumida e até mesmo limitada.

Tratando da forma limitada, a palavra pode ser entendida como apenas “vizinho” ou “vizinhança”, o que resume e limita seu entendimento muito mais amplo.

Agora trataremos do seu sentido muito mais amplo e original. A palavra paróquia tem sua origem na língua GREGA “paroikia” que quer dizer “SEGUNDA MORADA“.

Neste sentido, a paróquia é a segunda morada ou segunda casa de todo o cristão. A palavra paróquia tem também ligação com o termo PAROÍKOS.

O termo paroíkos quer dizer estrangeiro ou peregrino. Nesse sentido, que também é amplo percebemos seu uso no livro do Atos dos Apostólos “estrangeiros numa terra que não era a sua” (Atos 7,6)

Portanto, todo paroquiano, é um estrangeiro que está em busca da sua segunda morada, que é uma morada eterna. Quando vamos a “paróquia” estamos buscando esta nova e sempre morada.

CONCLUSÃO

Entendemos então que ambas as palavras DIOCESE e também a palavra PARÓQUIA possuem raízes gregas. A língua grega foi muito utilizada nos primeiros séculos da Igreja.

Uma diocese é a abrangência territorial que é constituída por um número de paróquias, que geograficamente está localizada em vários municípios.

Podemos em nossa catequese expor estas explicações de forma simples, mas sem que reduza seu sentido primeiro que é expressar a vida futura na eternidade. O padre que administra uma paróquia é chamado de PÁROCO.

VOCÊ TAMBÉM PODERÁ GOSTAR DE VER

Obrigado por sua visita. Deixe logo abaixo seu comentário com suas críticas e sugestões. Você também pode assinar o Blog e receber as atualizações em seu e-mail. Um grande abraço.

Sou ex-espirita, moro em Maringá -PR. Gosto de falar sobre religião e sobre a fé católica. Tenho interesse pela catequese de adultos. Sou formado em Administração. Gosto de Sistemas de Informação e Redes Sociais. Também gosto de programação para internet. Seja Bem Vindo.

One Response

Deixe uma resposta