A VERDADEIRA ORIGEM DO PRESÉPIO NA CULTURA E FÉ CRISTÃ

postado em: Igreja Católica | 0

Estamos dentro do período natalino. A igreja inicia um novo ciclo, sim, estamos iniciando com o advento, entramos em um “novo ano”. Este novo ano é marcado pelo calendário litúrgico.

A festa do Natal nos remete para uma das grandes festas cristãs, o nascimento do MENINO DEUS, Jesus o Cristo, o Messias.

A maior festa cristã, a maior festa celebrada pela Igreja é a Páscoa, mas o nascimento de Nosso Senhor é uma grande festa. Uma festa marcada pela esperança.

Em vários locais, espalhado pelas cidades, em lojas, praças e principalmente nas paróquias o presépio ganha local de destaque. O presépio remonta este grande acontecimento.

presépio é a representação do nascimento de nosso senhor jesus cristo

O PRESÉPIO: VOCÊ SABE QUAL SUA ORIGEM?

A palavra presépio em si, não tem um significado com nascimento ou algo parecido, mas sim com o possível local de nascimento de Nosso Senhor.

O sentido da palavra presépio, que vem do LATIM, significa CURRAL ou ESTÁBULO, é por este motivo que o presépio possui as características de um local de criação de animais.

Portanto o presépio, enquanto uma remontagem do nascimento de Jesus, apresenta elemento como bois, ovelhas e outros animais característicos de um estábulo.

Mas os principais “personagens” que obviamente são indispensáveis em um presépio são:

  • Maria
  • José
  • E o menino Jesus

É costume também como é narrada nas Escrituras, a vista dos Reis Magos, magos aqui não é no sentido de mágicos, mas sim de sábios.

Então, também é comum encontrar os TRÊS REIS MAGOS nos sinais presentes do presépio. A Tradição da Igreja diz que o nome dos Reis que foram até Jesus são: Gaspar, Baltasar e Melquior ou Belquior.

O presépio é a representação do nascimento de Jesus. A origem do presépio remonta o período medieval. Em quase todos os cantos do pais e do mundo há várias representações nos mais diversos formatos o nascimento de Cristo.

MAS FOI SÃO FRANCISCO DE ASSIS

Exatamente, foi o grande São Francisco de Assis que teve este ideia fantástica que acabou sendo incorporada na cultura católica. Foi por volta do ano de 1223.

O presépio que conhecemos hoje, foi uma iniciativa do jovem de Assis. São Francisco fez a representação do nascimento de Jesus em uma gruta na cidade de Greccio.

Nesta ocasião a representação do presépio foi feita em tamanho natural. Guarda-se hoje o restante do presépio de em Roma na Basílica de Santa Maria Maior.

Porque um menino nos nasceu, um filho nos foi dado, e o governo está sobre os seus ombros. E ele será chamado Maravilhoso Conselheiro, Deus Poderoso, Pai Eterno, Príncipe da Paz.

VOCÊ TAMBÉM PODERÁ GOSTAR DESTAS OUTRA PUBLICAÇÕES

Obrigado por sua visita. Deixe seu recado logo abaixo nos comentários com suas críticas e sugestões. Assine aqui também e receba as atualizações do blog semanalmente. Um grande abraço.

Sou ex-espirita, moro em Maringá -PR. Gosto de falar sobre religião e sobre a fé católica. Tenho interesse pela catequese de adultos. Sou formado em Administração. Gosto de Sistemas de Informação e Redes Sociais. Também gosto de programação para internet. Seja Bem Vindo.

Deixe uma resposta